sábado, 2 de julho de 2016

A SUPOSTA HISTÓRIA DA NOIVA DE MARIA DA FÉ

       Dada uma reportagem em TV , sobre a noiva encontrada na  estrada. Deve que encontrei uma resposta , conversando com pessoas mais velhas ,eles disserem que a mais de 50 anos ouve uma história em que o pai de uma moça  devia para o pai do padre uma certa quantia em espécie. E não tinha como pagar o pai do padre que , vivia cobrando o pai da moça . Esse padre  que era apaixonado pela moça e o pai da moça deu a como dote em forma de pagamento. Mas padre como é de conhecimento de todos não pode casar a não ser só servir a Deus,no que tangue  os dogmas da igreja.O padre era apaixonado por esta mulher , não podia aparecer e propôs que a moça já nesta alturas era a noiva do padre  por debaixo do pano, que casaria  com o caipira desfarçado,e o próprio padre faria a cerimônia com o caipira ,depois tornaria a mulher do padre  .A noiva que não era apaixonada pelo padre e sim por um Coronel que servia  em Juiz de Fora, contou a seu amado toda a trama ,enfim inclusive  o horário da farsa . No meio  da cerimônia o coronel chegou  e executou o padre. Foi um reboliço.Comoveu toda a cidade de  Maria da Fé. Não teve como julgar o Coronel naquela cidade e veio para Varginha e foi a juri . Tem uma sala das armas ou simplesmente a “sala das almas” onde fica todos os instrumentos de crimes comoventes .Geralmente onde ninguém passa a noite por lá devido as histórias mal assombradas . Segundo as informações a moça tem os traços do passado , pode ser a tal moça ,pode ser que tenha a veracidade contada pelo repórter  conhecido da cidade.